Share |

AUDITORIA PARA QUÊ? Investigação ou Branqueamento?

 

O Executivo Permanente que dirige actualmente a Câmara Municipal de Silves, liderado por Isabel Soares, fez sair, recentemente, para a comunicação social, informação da finalização da Auditoria Externa, despoletada pelo chamado “Caso Viga D´Ouro”. 

Esta AUDITORIA….. o que veio descobrir? ou encobrir?

1. Foi publicitada, há já quase dois anos, pelo Executivo Permanente como sendo a peça que iria descobrir com urgência Toda a Verdade. 

Toda a urgência e tanta importância para só se iniciar dois anos depois do seu anúncio e divulgar os resultados três meses depois de se ter iniciado.

2. Foi realizada pela mesma empresa de advogados (PLMJ) que vem desde, há largos meses (ou prestou?), prestando apoio jurídico à autarquia (para quê?), na base de bastante secretismo, nomeadamente, quanto à divulgação dos seus honorários e dos trabalhos correspondentes. Ao que se sabe e/ou supõe:

- por um lado para ressarcir a Câmara de eventuais danos que a Viga D´0uro lhe tenha 

 provocado neste processo; 

 e por outro, lá diz o povo , 

- para a “SAFAR” de eventuais ilícitos que tenha praticado e que precisassem de ser demonstrados como inexistentes ou inofensivos.

Neste contexto estaria este empresa em condições (políticas, morais…) de executar uma AUDITORIA para apurar toda a verdade ou somente a verdade que interessa ao PSD a Isabel Soares e seus companheiros do Executivo Permanente?

3.Também na publicitação e divulgação se dizia que mais ou menos, tudo iria ser investigado. Que a investigação a despoletar iria ser exaustiva. Pasme-se…

Com o passar do tempo, só foi posto para investigação, por esta auditoria, OBRAS COM CONCURSO PÚBLICO. Não riam porque é sério…

Ora, como é do conhecimento público o essencial da “Viga D’ Ouro” e dos outros suspeitos são obras que “Fugiram” aos procedimentos regulamentares exigidos pelos Concursos Públicos e que, portanto, com esta Auditoria nunca seriam descobertos. Por exemplo, as obras da Viga D`Ouro não constram

Meus Senhores, Senhora Presidente da Câmara, só se engana quem quer ser enganado. 

Pouparia cerca de 50000 € à autarquia sem esta auditoria.

Gaste dinheiro do erário público numa Auditoria a sério e Séria, também às obras que mandou efectuar sem Concurso Público.

Tenha coragem de mandar efectuar uma Auditoria Externa Independente, por exemplo efectuada pelo Tribunal de Contas.